Research Library

open-access-imgOpen AccessEnsinar Ética é também ensinar a argumentar: análise de cinco falhas comuns de justificação ética
Author(s)
Cínthia Roso Oliveira,
Marcelo José Doro
Publication year2016
Publication title
revista digital de ensino de filosofia
Resource typeJournals
PublisherUniversidade Federal de Santa Maria
O ensino de filosofia no Ensino Fundamental e Médio constitui um desafio para o professor comprometido com o desenvolvimento da capacidade reflexiva e crítica dos alunos. Parte desse desafio é o ensino da Ética, que, com muita facilidade, pode virar doutrinação ou ficar numa mera discussão das opiniões, caso o professor não esteja atento aos argumentos dos estudantes para problematizá-los e aprofundá-los adequadamente. As aulas de Ética, para que desenvolvam a capacidade de fazer juízos éticos sensatos, devem se fundamentar no uso de bons argumentos; para tanto, cabe ao professor saber identificar as falácias, comumente usadas pelos estudantes na justificação dos comportamentos que acham corretos, e mostrar suas fraquezas. Dessa forma, o presente artigo pretende analisar cinco falhas frequentes de justificação ética, a saber: petição de princípio, apelo à maioria ou apelo ao povo, dois erros fazem um acerto, apelo à tradição e falácia naturalista. A discussão dessas falácias, frequentemente usadas para justificar comportamentos éticos, pretende auxiliar professores e futuros professores de Filosofia a problematizar as opiniões e pretensas justificações dos estudantes nas aulas de Ética, para que de fato as aulas de Filosofia como um todo desenvolvam o raciocínio crítico e a criatividade de seus participantes.
Subject(s)humanities , philosophy , physics
Language(s)Portuguese
ISSN2448-0657
DOI10.5902/2448065720980

Seeing content that should not be on Zendy? Contact us.

The content you want is available to Zendy users.

Already have an account? Click here to sign in.
Having issues? You can contact us here