Research Library

open-access-imgOpen AccessAnálise da força muscular respiratória em pacientes com esclerose múltipla
Author(s)
Paula Trentin,
Luisa Cerri Castellano,
Rodrigo Costa Schuster
Publication year2011
Publication title
conscientiae saúde
Resource typeJournals
PublisherUniversidade Nove de Julho
Introdução: Esclerose Múltipla (EM) é uma doença do sistema nervoso central, acomete adultos jovens, e apresenta alterações motoras e respiratórias. Objetivo: Medir a força muscular respiratória (FMR) dos pacientes com EM, comparar valores de pressão inspiratória máxima (PImáx) e pressão expiratória máxima (PEmáx) e correlacionar esses valores com fadiga. Métodos: Realizaram-se avaliação da FMR pela manovacuometria, no início da manhã e no fim da tarde, e da fadiga pela Escala de Severidade da Fadiga (ESF). Resultados: Comparando os valores previstos de PI e PE, respectivamente, com PImáx manhã e tarde e com PEmáx em iguais períodos, não foi possível verificar diferença significativa. Já a relação entre PImáx tarde e PEmáx tarde com a ESF demonstrou uma forte correlação, r=-0,70 e r=-0,69, nessa ordem. Conclusão: As PRmáx se apresentaram de forma diferente nos dois períodos, embora sem diferença significativa, e quanto maior a pontuação da ESF, menor a FMR desses pacientes.
Subject(s)physics
Language(s)Portuguese
eISSN1983-9324
pISSN1677-1028
DOI10.5585/conssaude.v10i2.2670

Seeing content that should not be on Zendy? Contact us.

The content you want is available to Zendy users.

Already have an account? Click here to sign in.
Having issues? You can contact us here