Research Library

open-access-imgOpen AccessUm angolano na Itália e um italiano em Angola: diferentes formas de exílio
Author(s)
Paulo Henrique Pappen
Publication year2017
Publication title
raído
Resource typeJournals
Este texto é uma reflexão sobre ser estrangeiro, a partir da comparação entre o filme Perdidos na África (AGE, SCARPELLI e SCOLA, 1968) e o livro de poemas Tempo angolano em Itália (COSTA ANDRADE, 1963). O filme é italiano, mas se passa em Angola, e o livro foi escrito por um angolano exilado na Itália. Estabelece-se assim uma relação complementar entre os estrangeiros apresentados pelas duas obras, bem como diversos pontos de vista reveladores do outro e de dimensões como o espaço e o tempo.  
Subject(s)art , humanities
Language(s)Portuguese
ISSN1982-629X
DOI10.30612/raido.v11i26.4929

Seeing content that should not be on Zendy? Contact us.

The content you want is available to Zendy users.

Already have an account? Click here to sign in.
Having issues? You can contact us here